Clareamento dental: Como clarear os dentes

clareamento dentario londrinaClareamento dental e o envelhecimento do sorriso:
Os dentes podem escurecer devido aos e
feitos do atrito (abrasão, erosão e abfração), tamanho e relação de posição dos dente entre si e cor.

O clareamento dental, também conhecido como branqueamento dentário é uma alternativa segura, barata e eficaz para quem quer clarear os dentes e rejuvenescer o sorriso. Hoje, podemos contar com várias técnicas modernas para se realizar o branqueamento dentário, como a técnica Night Guard (clareamento dental caseiro), Walking Bleach (Clareamento dental interno), Power Bleaching (Clareamento dental a laser) e a mistura de técnicas.

Descoberto no final dos anos 60, o clareamento dentário caseiro, antes era feito para controlar gengivite, liberando oxigênio em bactérias anaeróbias (não dependentes de oxigênio) para reduzir a severidade da doença durante tratamentos ortodônticos. E desde então esta técnica para clarear os dentes é empregada em diversos casos de alteração da cor natural dos mesmos.


Clareamento dental – Porquê os dentes escurecem?

dentes brancos londrina

Cor de dentes naturais com diversos tipos de variações

Pigmentações dentais variam em etiologia, aparência, severidade e adesão à superfície dental. Basicamente, existem 2 tipos de fatores que podem alterar a cor de um dente:

– Fatores intrínsecos (internos): Incorporação de material cromático na dentina e esmalte durante a odontogênese (formação do dente), antes do irrompimento ou depois de irrompido (necrose, idade e iatrogenia)

– Fatores Extrínsecos: Alimentos ou produtos pigmentados como o cigarro, vinho, cenoura, beterraba, chá, etc. Podemos dizer que, se o dente não teve problemas durante sua formação, a cor do nosso dente muda devido a ingestão ou contato de produtos com corantes como cigarro, vinho, refrigerante, sucos, frutas, etc.


Como clarear os dentes – Clareamento dental caseiro

branqueamento dental londrina

Técnica de clareamento dental caseiro. Nessa técnica é usado uma moldeira individual onde o paciente coloca gel clareador e usa em casa

A técnica de clareamento dental caseira é a mais antiga, segura e também a mais utilizada pelos dentistas. O motivo de tal sucesso é que, se feita corretamente, gera pouca ou nenhuma sensibilidade, grande estabilidade de cor após o término do clareamento dental e é a mais acessível de todas as técnicas.

Para fazer o branqueamento dentário pela técnica caseira, o acompanhamento pelo dentista é obrigatório! A banalização da técnica de clareamento dental pode trazer prejuízos enormes para o paciente, podendo inclusive levar a perda do dente. Com o devido acompanhamento, o paciente é moldado e recebe sua placa individualizada para uso caseiro.

Diferentemente de produtos e kits vendidos pela internet, a placa confeccionada pelo dentista é INDIVIDUALIZADA, portanto, só vai ser adequada ao uso da pessoa que foi moldada. O fato de individualizar a placa de clareamento dental faz com que o produto a base de peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida permaneça apenas na placa, evitando lesões na gengiva, dentes e ingestão do peróxido.

O tratamento pela técnica de clareamento dental caseira é indicado por no mínimo 15 dias. O paciente começa a ver o resultado à partir do 3º-4º dia.


Clareamento dental a laser, clareamento dental imediato ou clareamento dentário de consultório

clareamento dental de consultorio londrina

No clareamento dental imediato ou como muitos conhecem por “clareamento dental a laser”, é necessário proteger a língua e estruturas internas da boca

clareamento dental a laser londrina

Uma barreira gengival é usada para evitar que o gel, extremamente reativo, entre em contato com a mucosa gengival

Quando falamos de clareamento dentário a laser, logo pensamos em uma fonte luminosa super forte com o poder de eliminar toda partícula de pigmento como em um passe de mágica! Isso não é real…

O “laser” (entre ” ” porque o laser é na verdade LED’s) não tem esse poder, na verdade, nunca teve! Esse mito deve-se a enorme desidratação provocada pelo calor intenso gerado por esses dispositivos. Vale lembrar que calor e dente não combinam… Por exemplo: Uma alteração de temperatura de  5,5º pode gerar uma inflamação irreversível, levando a morte da polpa dental em 15% dos casos. Mas a luz não tem o poder de acelerar algumas reações? SIM! Com certeza tem… Esse fenômeno chama-se fotólise, mas só ocorre com comprimentos de onda perto da luz ultravioleta, bem longe dos nossos conhecidos LED’s. Em resumo, “o molho sai mais caro que o peixe”, pois o paciente paga caro (muito caro por sinal) em uma técnica que não adiciona absolutamente nada de bom ao tratamento.

clareamento dental imediato londrina

Com as estruturas internas e gengivais protegidas, é possível de fazer o clareamento dental imediato de forma segura

Por outro lado, a técnica de clareamento em consultório com clareadores dentais a base de peróxidos mais concentrados é de extrema valia para o paciente, principalmente se for conjugada com a técnica caseira, resultando na técnica mista de clareamento dental.


Clareamento dental técnica mista com clareadores dentais a base de peróxidos mais concentrados

Na técnica de clareamento dentário mista é utilizado um clareador caseiro e outro imediato (10x mais concentrado) somando as qualidades de cada um deles. Se por um lado o clareamento imediato ou de consultório pode promover resultados rápidos devido ao seu alto poder oxidante, o clareamento caseiro estabiliza a cor obtida e mantêm o resultado por muito mais tempo.

Provavelmente essa é a técnica de melhor desempenho dentre as técnicas apresentadas. Soma velocidade e estabilidade.


Clareamento dental interno

A técnica de clareamento dental interno, também conhecida como “walking bleach”, é indicada para as pessoas que por algum motivo (trauma, tratamento de canal insatisfatório, etc) tiveram um único dente escurecido. Para a técnica de clareamento dental interno usa-se um produto de demora que fica dentro do dente e é trocado a cada 5-7 dias. A cor original do dente é obtida em muitas vezes, mas tudo isso depende do motivo do escurecimento, tempo que o dente está escurecido e idade do paciente.

Muitas vezes temos insucesso com esse tipo de abordagem, principalmente se o dente está escurecido há muitos anos. Caso o escurecimento seja mais recente, a chace da técnica de clareamento dental interno é maior de ser bem sucedida e pode até evitar a necessidade de fazer uma faceta em porcelana ou faceta direta em resina.


Perguntas sobre clareamento dental:

Qualquer pessoa pode fazer clareamento dentário?

R: Sim! Basicamente não existe limitação definitiva para o clareamento dentário. Deve-se evitar o branqueamento em gestantes, pessoas com câncer bucal ou irradiadas em região de cabeça e pescoço, crianças que não tiveram a completa formação de seus dentes e pessoas alérgicas a peróxido de hidrogênio (água oxigenada).

Qual é a técnica mais barata e eficaz de clarear meus dentes?

R: O clareamento caseiro com certeza. Além de garantir resultados sólidos e pouca ou nenhuma sensibilidade, o clareamento caseiro proporciona o que é mais importante para o paciente: Longevidade de cor. Sempre devemos usar o clareamento caseiro na complementação de outras técnicas de branqueamento.

Eu posso fazer clareamento dental sem o acompanhamento de um dentista?

R: Não. Nenhuma pessoa, além do seu dentista, está qualificada para diagnosticar, tratar e readequar um ambiente bucal antes de começar um clareamento. Durante o clareamento o dentista é importantíssimo no controle da saúde gengival e dental. No final, o dentista é o responsável em devolver a situação de completa normalidade ao seu dente.

Eu bati o dente ou fiz canal e depois escureceu. Posso fazer clareamento dental?

R: Sim. Nesse caso é feita a técnica de Walking Bleach (clareamento interno) e conseguimos, na maioria das vezes, devolver a cor natural do dente afetado.

O clareamento dentário enfraquece os dentes?

R: Não. Isso é um mito. O dente sofre mudanças temporárias em sua superfície, mas, ao final do tratamento, isso é revertido com a ajuda de flúor.

Eu fumo, gosto de tomar café, vinho e corantes mas gostaria de dentes mais claros. Posso fazer clareamento dental?

R: Sim! Outro mito é o relacionado com os corantes. Existem muitas pesquisas mostrando que o efeito desses corantes não é o suficiente para alterar o resultado de um clareamento dental durante o período que o mesmo está sendo feito. Lógico, como já é esperado, pessoas que ingerem mais corantes escureceram seus dentes mais rápido do que o normal. Caso isso aconteça, é só fazer o retoque do clareamento.

O clareamento dental a laser é melhor que o caseiro?

R: Não. Clareamento à laser é mais uma ferramenta de marketing do que uma técnica eficaz. O que os dentistas dizem ser o Laser, na verdade são LEDs de alta intensidade que não tem efeito NENHUM sobre a velocidade ou potência do clareamento.
Seria necessário um comprimento de onda de 248nm ou menor pra que esse clareador realmente sofresse alguma alteração, mas, esse comprimento de onda coincide com a luz ultra-violeta, que é extremamente perigosa para nós. A única coisa que o “ laser” faz é esquentar o dente, gerando dor e desidratação, por isso a impressão de um dente mais claro imediatamente.

Clareamento dental causa câncer?

R: Não. Isso foi uma “propaganda” completamente infundada, sem embasamento científico algum, divulgada na mídia. Seria necessária uma quantidade enorme de peróxido de hidrogênio para que houvesse um risco potencial no desenvolvimento de câncer.

Depois de clareado o dente volta a escurecer?

R: Sim. Mas isso demora em torno de 1.5 – 2.5 anos para acontecer. Quando acontece, podemos retocar o clareamento sem problema algum.